Palavra do Sintelmark - 2008

Assinada a Convenção Coletiva na data-base

diogoComo presidente do Sintelmark, nesse primeiro ano em que participo da negociação da Convenção Coletiva de Trabalho 2008-2009, acredito que tenha sido um acordo justo para ambas as partes.
Essa foi uma conquista muito importante tanto para as empresas como para os trabalhadores, pois iniciaremos o dia 1º de maio, data-base da categoria, sabendo quanto temos de pagar e os trabalhadores quanto irão ganhar. O acordo representa, sem dúvida, um avanço nas relações entre as entidades não só com relação aos salários, reajustados em 4,08%, como aos outros pontos da negociação.
Além do profissionalismo existente entre as entidades e a confiança mútua que pautaram as nossas conversas para esse acordo, o Sintelmark procurou atender a um conjunto de índices, benefícios e garantias que, ao mesmo tempo, visassem à necessidade dos trabalhadores e que estivessem alinhados às condições das empresas associadas, num mercado cada dia mais competitivo e com margens de lucro cada vez menores.
Dentre os destaques da Convenção Coletiva, ressaltamos a nomeação de um Grupo de Trabalho para a implantação de uma escola de formação e qualificação de operadores e o compromisso de estabelecer parceria com as universidades
para descontos e bolsas de estudos, como forma de inserir os operadores de telemarketing no ensino superior.

Diogo Bujaldon Morales

Voltar