Palavra do Sintelmark - 2008

Pacto para Inclusão de PD’s é firmado

diogoNo dia 19 de junho, o Sintelmark e o Sintratel, com a anuência da Superintendente Regional do Trabalho Lucíola Rodrigues Jaime e na presença do médico e auditor José Carlos do Carmo, firmaram o Pacto Coletivo para Inclusão de Pessoas com Deficiência no setor de telesserviços.

Apesar de entendermos que a inclusão de pessoas com deficiência é uma questão de grande alcance social, na ocasião, enfatizamos a dificuldade que as empresas têm para cumprir a quota estabelecida pela Lei 8.213/91, já que em nosso setor o volume de recursos humanos é bastante expressivo.

Nesse sentido, as empresas do segmento precisam intensificar a capacitação profissional voltada para pessoas com deficiência, uma vez que é muito difícil encontrar no mercado pessoas capacitadas para esse trabalho.

Depois de alguns meses negociando, a concretização desse pacto representa o esforço das empresas na efetiva inclusão dos deficientes físicos no setor e, ainda, o comprometimento em fazer todo o esforço possível para honrar as condições firmadas entre as entidades. Dentre as 12 cláusulas do Pacto Coletivo, vale destacar que as empresas terão dois anos para se adequar à lei, conforme cronograma previamente definido entre as partes, e não sofrerão multas durante esse período.

As entidades também se comprometeram a promover campanhas de combate à discriminação, pela qualidade da inclusão das pessoas com deficiência e oferecer cursos de capacitação profissional.

Com base nesse acordo, o Sintelmark, o sindicato laboral e a SRT/SP se reunirão ao final de um ano para fazer um balanço da situação, visando aprimorar o programa de inclusão no setor de telemarketing.

Diogo Bujaldon Morales

Voltar