Palavra do Sintelmark - 2008

Feliz 2009!

diogoNeste ano, marcado pela crise econômica mundial, o setor de call center no Brasil também precisou enfrentar novos desafios. Com a promulgação do decreto-lei 6.523, de 31 de julho de 2008, que definiu regras para regulamentar os serviços de atendimento ao consumidor (SAC) a partir de 1º de dezembro, as empresas de call center tiveram de rever suas operações e procedimentos para fazer face à nova legislação.

Hoje o setor emprega diretamente mais de 800 mil pessoas, com cerca de 400 empresas em todo o país e, segundo estimativas das associações do setor, mais de 70% delas estão concentradas no eixo Rio-São Paulo. Como representante paulista da empresas de telemarketing, o Sintelmark entende que as novas regras representam um avanço na relação entre a prestação de serviços das associadas
e o consumidor final, na medida em que promovem a melhoria do atendimento, que é o objetivo do nosso setor.

Com grande potencial de crescimento, o segmento de call center fez em 2008 investimentos tanto tecnológicos quanto na qualificação de pessoal — com valores que dependeram do tipo de operação e dos procedimentos de cada empresa — para se adequar às novas regras que entraram em vigor.

Tradicionalmente a porta de entrada dos jovens no mercado de trabalho, as empresas de call center, que representam cerca de 0,2% do PIB, em 2009 continuarão atuando para fortalecer a economia brasileira, dando apoio a qualquer tipo de iniciativa que aprimore nossa prestação de serviço e fortaleça a imagem do setor.

Aproveito a oportunidade para desejar a todos os associados boas festas e um ano novo repleto de realizações nos negócios!

Diogo Bujaldon Morales

Voltar