Palavra do Sintelmark - 2014

Superar os desafios atuais e consolidar a união do setor são as metas desta gestão

JLS 3Caros associados, Sabemos que os obstáculos do mercado de contact center são muitos e, para garantir o crescimento sustentável de nossa atividade, teremos de trabalhar duro. Nos últimos anos, o setor tem enfrentado diversas questões estruturais como:
• A diminuição da rentabilidade, por conta do aumento de salários e encargos, fatores estes não resolvidos, mesmo com a desoneração da folha de pagamento;
• Os difíceis obstáculos contratuais;
• Os altos investimentos a serem aplicados em tecnologia (com variabilidade de preços em dólar);
• O baixo nível de formação básica dos operadores, que obrigam as empresas a investirem pesadamente em treinamento; 
• A evasão de profissionais da área para outros setores.
Diante deste cenário, o Sintelmark vem trabalhando fortemente pautas políticas para garantir a melhoria da atividade, tendo como meta na continuidade desta gestão trabalhar “a superação dos desafios emergenciais” e “lutar pela unificação do setor”.O mercado bastante vulnerável anseia por uma organização da classe empresarial mais fortalecida. Por isso, queremos formar um corpo único e representativo para, inclusive, fortalecer um novo modelo de relacionamento com o contratante, para que esta etapa ocorra de maneira madura. Afinal, o contact center tem se reinventado com novas plataformas de atendimento e não pode mais aceitar ser avaliado e remunerado pelo valor da PA, pois estamos desenvolvendo tecnologia, processos e capital humano.De acordo com esses interesses, as propostas para esta gestão são:
• Insistir na importância em estabelecer uma mesa de discussão composta por todas as empresas interessadas em analisar propostas para o benefício do segmento;
• Estruturar uma autogestão da política de negócios com os contratantes;
• Defender a aprovação de Regulamentação do Setor; e
• Enfrentar os desafios acima comentados junto às frentes de interesse dos empresários nas áreas: jurídica, governamental, política, tecnológica, de gestão de pessoas, entre outras.
Esperamos contar com a colaboração de todos para continuarmos a fazer uma gestão ainda mais promissora e eficaz para a expansão e fortalecimento do mercado de contact center.

Atenciosamente,

Lucas Mancini
Presidente do Sintelmark